021 (1)

O transplante de fígado é procedimento de alta complexidade indicado principalmente para tratar a insuficiência hepática terminal e/ou o câncer de fígado (hepatocarcinoma), além de algumas outras condições específicas. É considerado o mais complexo procedimento cirúrgico abdominal.

A literatura científica especializada estima que a necessidade de transplante de fígado seja de 20 transplantes por milhão de habitantes por ano.

Segundo o IBGE, a população do Pará estimada em julho de 2013 era de 7,97 milhões de habitantes. Logo, o Estado teria necessidade de realizar em torno de 160 transplantes por ano para atender a população do Estado.

Após anos de trabalho árduo, entre capacitação dos diferentes entes institucionais, campanhas de conscientização, estruturação dos serviços de saúde envolvidos organização dos processos no Estado do Pará foi atingido o primeiro marco para a consolidação desse procedimento: foi realizado em 2013 o primeiro transplante hepático do Estado do Pará e da Região Norte do Brasil.

Atualmente o Amazônia Transplantes trabalha incessantemente para poder oferecer esse procedimento rotineiramente à população.